Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

Acalmia

 

No mar procuro vida que desconheço

Como tempero do amanhecer sereno.

Fico abrigada no meu próprio silêncio!

 

publicado por outraidade às 14:45
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Transdisciplinar a 6 de Junho de 2008 às 12:56
Os seus poemas lembram-me outros, chineses. Curtos e enigmáticos.
De outraidade a 6 de Junho de 2008 às 13:21
Isso é demasiado elogioso. Terei alma para tanto?
De outraidade a 6 de Junho de 2008 às 13:51
Depois de pensar um pouco melhor, já que tenho por hábito ser "impulsiva" nas respostas, questionei-me sobre o facto de não aparecerem outros comentários aos meus posts. Serei demasiado enigmática no que escrevo ou é ousadia convencer-me que alguém (para além do "meu amigo" Transdisciplinar) passa por aqui e vê?
De Transdisciplinar a 6 de Junho de 2008 às 17:06
Não sei se se lembra que foi por passar por um poema seu que fui espreitar o seu blog e lhe perguntei porque é que não publicava mais. (Respondeu-me que precisava de tempo.) Outras pessoas de certo passarão. Mas talvez não se atrevam a comentar. Porque comentá-la não é fácil. Talvez por aquilo mesmo que digo no comentário a este. Ou porque são tão "acabados " que não deixam espaço para comentários. Ou porque se tem vergonha de não estar à altura de responder ao mesmo nível. Provavelmente é mesmo isto.
Já agora : talvez eu me atreva porque sou amigo de alguns poetas. A ideia da referência aos chineses veio-me de um amigo (não é conhecido, não vale a pena dizer o nome) que só escreve epigramas chineses. Era muito próximo da Luiza Neto Jorge. E tenho o prazer de conviver com o Herberto Helder . Eu é que sou um completo nabo.
O mais importante : não deixe de escrever...
:))
De outraidade a 7 de Junho de 2008 às 16:27
Não deixarei, prometo.
De Transdisciplinar a 7 de Junho de 2008 às 21:05
Ainda bem!
E, já agora : não me trate por transdisciplinar, trate-me por Zé-Carlos .)
:))
De Transdisciplinar a 8 de Junho de 2008 às 17:34
Lembrei-me de uma coisa. Se quer saber se é lida ou não, porque é que não faz o que eu fiz, que foi meter no blog um contador de visitas ? Limitei-me a, quando encontrei um post com um contador, cliquei nele como se fosse um link , e tive acesso a um "site" de onde escolhi um contador que editei. Suponho que pode fazer isso com o meu próprio contador.
:))
De outraidade a 8 de Junho de 2008 às 21:37
Obrigada pela "dica". Eu tenho o contador e sei que outros passam. Mas ( por um pouquinho de aconchego) sabe bem não termos apenas leitores "anónimos". Eu compreendo que, neste tipo de blog como o "soviver", os comentários são mais raros.

Comentar post

.Mmartinhadovale2@sapo.pt

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Primavera

. Engano

. Flor

. Anjo

. Silêncio

. Borboleta

. Solidão

. Sonho

. Serenidade

. Partida

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. anjo

. borboleta

. enamoramento

. engano

. fantasia

.

. flor

. futuro

. lágrimas

. martinha do vale

. pensamentos

. poemas

. poesia

. presença

. primavera

. renascer

. silêncio

. so viver

. solidão

. sonho

. sonhos

. tempo

. vento

. todas as tags

.links

.subscrever feeds